Exposição de pinturas sobre base fotográfica no Jardim Botânico revela a natureza
1/8/2005

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro inaugura, no próximo dia 2 de agosto, às 16h, a exposição “Noturno, a natureza revisitada”, uma série de pinturas sobre base fotográfica assinada por Elias Fajardo. O artista, que usa a técnica de pintura em tinta acrílica e látex sobre transferência de fotos em tecido, retrata a natureza em 15 quadros expostos no Centro de Visitantes. A exposição vai até 4 de setembro.

Segundo Elias Fajardo, o tema de suas obras permite mergulhar no coração da paisagem, procurar novos ângulos e maneiras de refletir e de representar visualmente os elementos que se escondem e se revelam entre o céu e a terra.

“Atrás de cada imagem revelada existe sempre outra mais fiel à realidade e, no fundo desta, há outra e assim por diante, até chegar à verdadeira imagem que ninguém jamais verá.” (Wim Wenders)

Além de produzir pinturas sobre fotografias, o artista já fez ilustração para livros e participou de mostras individuais de aquarela no Rio de Janeiro, Nova Friburgo, em Leopoldina e Cataguases (MG). Em 2004, recebeu menção especial do júri no Salão Cataguazes-Usiminas, com curadoria de Fernando Cocchiarale. Fajardo participou ainda dos cursos de desenho com Roberto Magalhães; figura humana com Gianguido Bonfanti; pintura com João Magalhães na Escola de Artes Visuais do Parque Lage e arte contemporânea com Anna Bella Geiger.

Paralelamente às artes plásticas, Elias Fajardo desenvolve também seu trabalho na grande imprensa desde 1970. Foi chefe de redação do programa de TV “Globo Ecologia”, de 1996 a 2004, entre outras funções. Além disso, é autor de nove livros de ficção e de obras educativas e jornalísticas.

Comentários críticos sobre a obra de Elias Fajardo:

“A geometrização estrutural da obra nasce do confronto dos elementos utilizados, guiada pelo frêmito sensível e não por ordenação racional ou discursiva.” (Israel Pedrosa - artista plástico, autor do livro “Da cor à cor inexistente”)

“Uma pintura sofisticada que brinca com a fotografia e as tintas para trazer um universo urbano atual feito de perplexidade e limites.” (Sonia Coutinho – escritora)

Serviço:
Exposição “Noturno – a natureza revisitada”
Abertura: dia 2 de agosto de 2005 (terça-feira), das 16h às 21h
Visitação: de 3/8 a 4/9, diariamente, de 8h às 17h
Visita guiada: dia 13/8 (sábado), das 14h às 17h
Local: Centro de Visitantes do Jardim Botânico
(Rua Jardim Botânico, 1008 – Jardim Botânico - Rio de Janeiro)
Ingresso: R$ 4 (crianças menores de 7 anos e adultos maiores de 60 não pagam) - venda antecipada pelo site www.ingresso.com.br
Mais informações: 3874-1808 (novo telefone do Centro de Visitantes)

 

 

 

 

 

volta à primeira página