CNCFlora realiza workshop sobre avaliação de risco de extinção de espécies
2/8/2011

O encontro é direcionado à equipe que fará a reavaliação do risco de extinção das espécies da flora brasileira apontadas como ameaçadas em listagens oficiais anteriores. O evento começa com palestras abertas ao público, nesta quarta-feira, 3 de agosto, às 9h, na ENBT.

O workshop "Strategies and Methods for Assessing the Extinction Risk of the Brazilian Flora" será realizado nos dias 3, 4 e 5 de agosto na Escola Nacional de Botânica Tropical – ENBT, e é parte do programa de treinamento do Centro Nacional de Conservação da Flora – CNCFlora/JBRJ para a equipe de avaliação de risco de extinção das espécies da flora brasileira.

Essa equipe é formada por 14 profissionais: os pesquisadores doutores Gustavo Martinelli, Haroldo Cavalcanti de Lima, Maximo Bovini, Marcus Nadruz, Solange de Vasconcellos Albuquerque Pessoa, Maria de Fátima Freitas, Claudine Massi Mynssen, todos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, e os bolsistas do CNCFlora/JBRJ Julia Caram Sfair, Arthur Sérgio Mouço Valente, Miguel d’Avila de Moraes, Rafael Borges, Pablo Viany Prieto, Danielli Cristina Kutschenko e Tainan Messina.

Para o workshop, foram convidados dois representantes da IUCN e um do South African National Biodiversity Institute - SANBI. Eles darão um curso para a equipe de avaliação, revisarão os trabalhos preliminares da equipe do CNCFlora e participarão de reuniões técnicas sobre requerimento de informação, documentação, desenvolvimento de sistemas e estratégias e abordagens para a avaliação de risco de extinção em países megadiversos como o Brasil e África do Sul.

O evento é resultado das parcerias estabelecidas entre o JBRJ e a IUCN, em abril de 2011, e o SANBI, as quais preveem intercâmbio profissional para alcance de metas e objetivos comuns. SANBI é a autoridade para a Lista Vermelha da IUCN para o continente africano e, portanto, tem grande experiência na realização de avaliações de risco de extinção, segundo o padrão IUCN.

Palestras

Na primeira manhã do evento, em 3 de agosto, serão realizadas palestras sobre temas específicos relacionados à aplicação de critérios e avaliação do risco de extinção de espécies. Os palestrantes serão o coordenador do projeto de Espécies Ameaçadas do CNCFlora, Miguel D'Ávilla de Moraes, os dois representantes da UICN – Marcelo Tognelli, ponto focal da IUCN para o Red Listing no Brasil, e Arturo Mora, oficial do Programa Regional da IUCN para a América do Sul, e Lize von Staden, representante do SANBI.

As palestras são abertas ao público, com início às 9h, no auditório da Escola Nacional de Botânica Tropical – ENBT – Rua Pacheco Leão, 2040, Horto.

 

 

 

 

 

voltar à primeira página