Exposição de instrumentos musicais com sucata anima programação de férias do Jardim Botânico

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro preparou uma programação especial para as férias de julho: o primeiro evento será a mostra interativa “O Som do Lixo”, do grupo Ciclo Natural, que volta a ocupar o Centro de Visitantes do parque nos próximos dias 16 e 17, das 8h às 17h. Os visitantes poderão conhecer - e experimentar – os 50 instrumentos musicais alternativos produzidos com sucata que estarão expostos no local.

A exposição contará também com 30 fotografias agrupadas em painéis que tratam de problemas ambientais: lixo, uso racional de luz e água, poluição do ar. Além disso, haverá imagens do processo de fabricação dos instrumentos musicais a partir de materiais reaproveitados, como madeira, vidro, lata de panetone, tubos de PVC e garrafas PET, entre outros. A novidade, desta vez, ficará por conta das atividades de contação de histórias, com direito a sonoplastia e trilha sonora ao vivo, seguida de performances musicais do grupo Ciclo Natural e seus instrumentos alternativos.

Com atividades voltadas principalmente para o público infanto-juvenil, os organizadores pretendem unir sensibilidade artística à consciência ecológica através da mostra e das atividades educativas programadas. Segundo Ciro Kastrup, integrante do grupo Ciclo Natural, “O Som do Lixo” é mais que um entretenimento, é uma solução artística para a questão do lixo”.

Programação

Dia 16/07

Dia 17/07

Serviço:

Exposição interativa “O Som do Lixo”
Data: dias 16 e 17 de julho (sábado e domingo)
Horário de visitação: 8h às 17h
Local: Centro de Visitantes do Jardim Botânico
(Rua Jardim Botânico, 1008 – Jardim Botânico – Rio de Janeiro)
Ingresso: R$ 4 (crianças menores de 7 anos e adultos maiores de 60 não pagam)
Venda antecipada pelo site www.ingresso.com.br
Mais informações: 3874-1808 (Centro de Visitantes)

 

 

 

 

 

volta à primeira página