Flor premiada nos EUA é destaque na exposição “Orquídeas na Primavera”
5/9/2012

Desta quinta-feira, 6 de setembro, até domingo, dia 9, centenas de orquídeas da coleção permanente do Jardim Botânico do Rio de Janeiro e de produtores de diversos estados brasileiros estarão na mostra, num espetáculo de delicada beleza.

O evento, organizado pela OrquidaRio, maior associação orquidófila da América Latina, já levou mais de 170 mil pessoas ao Jardim Botânico desde de sua primeira edição em 2002 e vem transformando o carioca num apaixonado cultivador de orquídeas.

Premiada em maio de 2012 pela American Orchid Society, a Cattleya intermedia, orquídea brasileira de flores grandes (9x9cm) e com detalhes de forma e coloração bastante variados (róseas, lilás, púrpuras, albas, cerúleas), será o destaque desta edição de “Orquídeas na Primavera”. A planta já foi comum em vários pontos do litoral das regiões Sul e Sudeste e hoje é encontrada apenas em um restrito trecho de restinga no litoral do Rio de Janeiro, em área incluída no Parque Estadual da Costa do Sol. Acredita-se que, em pouco tempo, a espécie só estará presente dentro de áreas de conservação e em áreas particulares de proprietários bem esclarecidos quanto aos princípios da conservação.

A espécie é uma das Cattleyas mais cobiçadas por colecionadores e tem sido bastante usada também para hibridação. Há várias décadas, alguns orquidófilos gaúchos vêm promovendo o “melhoramento” da espécie, aproveitando-se dos inúmeros exemplares que selecionaram. Foi um grupo de mais de 10 plantas de C. intermedia da variedade “orlata” do casal colecionador americano Amy e Ken Jacobsen (Califórnia) que recebeu o “Award of Quality”, pela excelente qualidade. As sementes que deram origem ao grupo de plantas premiadas são resultado de um cruzamento feito pelo orquidófilo e advogado carioca, Álvaro Pessoa. Mais de 3.500 híbridos usando esta espécie brasileira foram registrados, em especial com a utilização da variedade aquini, a mais conhecida, cuja descendência transmite belos efeitos de mesclagem.

O designer carioca Antonio Bernardo, patrocinador do Orquidário do JBRJ há quase duas décadas, considera fundamental o debate em torno da conscientização para preservação do meio ambiente: “Já são 27 exposições e acredito estarmos no momento certo de destacar a importância do envolvimento de cada um nas questões ambientais. “Orquídeas na Primavera” atrai grande público pela beleza incontestável das flores, mas queremos que o carioca saiba como cuidar e preservar as orquídeas, desta vez através de um bom exemplo: a Cattleya intermedia.”

O evento também oferece visitas guiadas, palestras (cultivo e ilustração botânica), workshops e teatro infantil educativo. Grupos de até 20 pessoas receberão informações sobre as plantas que integram a mostra, as premiações recebidas pelas melhores em cada categoria e curiosidades sobre as espécies. Os apaixonados pela planta poderão ainda participar de oficinas diárias.

O ingresso no Jardim Botânico custa R$ 6,00. A entrada no Jardim é gratuita para adultos acima de 60 anos, crianças abaixo de 7 anos e deficientes com direito a um acompanhante.

Confira a programação de Orquídeas na Primavera

Dia 6/9 (quinta feita)
8h Abertura ao público
9h Visitação monitorada (havendo público interessado)
9h Oficina de cultivo - local: tenda de atividades
10h Visitação monitorada (havendo público interessado)
11h Teatrinho infantil - local: tenda de atividades
12h Oficina de cultivo - local: tenda de atividades
14h Oficina de cultivo - local: tenda de atividades
17h Encerramento

Dia 7/9 (sexta feira)
8h Abertura ao público
9h Visitação monitorada (havendo público interessado)
9h Oficina de cultivo - local: tenda de atividades
10h Visitação monitorada (havendo público interessado)
10h Oficina de Ilustração Botânica com Dulce Nascimento – área externa (gramado)
11h Teatrinho infantil - local: tenda de atividades
12h Oficina de cultivo - local: tenda de atividades
14h Oficina de cultivo - local: tenda de atividades
15h Palestra sobre Pragas e Doenças com Roland Brooks Cooke (Orquidário Orchidcastle) local: tenda de atividades
17h Encerramento

Dia 8/9 (sábado)
8h Abertura ao público
9h Visitação monitorada (havendo público interessado)
9h Oficina de cultivo - local: tenda de atividades
10h Visitação monitorada (havendo público interessado)
11h Teatrinho infantil - local: tenda de atividades
12h Oficina de cultivo - local: tenda de atividades
14h Oficina de cultivo - local: tenda de atividades
15h Palestra sobre Cultivo de Intermédia com Reinaldo Ilaci (Orquidário Paulista)
local: tenda de atividades
17h Encerramento

9/9 (domingo)
8h Abertura ao público
9h Visitação monitorada (havendo público interessado)
9h Oficina de cultivo - local: tenda de atividades
9h30 às 12h Curso de cultivo (1ª parte) com  Delfina de Araujo - local: Laboratório Social
10h Visitação monitorada (havendo público interessado)
11h Teatrinho infantil - local: tenda de atividades
12h Oficina de cultivo - local: tenda de atividades
13h30 às 16h30 Curso de cultivo (2ª parte) com Carlos Antonio A. Gouveia - local: Laboratório Social
17h Encerramento

Obs.: Com exceção do Curso de Cultivo (R$ 80,00) e da Oficina de Ilustração Botânica (R$ 25,00), todas as outras atividades são gratuitas.

 

 

 

 

 

 

 

 

voltar à primeira página