José Augusto Pádua falará dia 16 sobre colonialismo europeu e florestas tropicais no encerramento do ciclo Histórias do Jardim
8/12/2008

No dia 16 de dezembro, às 10h, a Escola Nacional de Botânica Tropical receberá o historiador José Augusto Pádua, que fará a conferência "Colonialismo europeu e florestas tropicais:o Brasil no contexto global", marcando o encerramento do seminário mensal Histórias no Jardim, evento que teve início em junho do ano passado e faz parte das comemorações dos 200 anos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

José Augusto Pádua é professor de História do Brasil no Departamento de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro, integrado ao Programa de Pós-graduação em História Social. É graduado em História pela PUC-RJ e possui doutorado em Ciência Política pelo IUPERJ e pós-doutorado em História pela University of Oxford. Desde 2007 é curador convidado do Museu do Meio Ambiente, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. É membro do comitê científico da Sociedade Latino-Americana e Caribenha de História Ambiental e do conselho editorial das revistas "Environment & History", "Manguinhos - História, Ciências, Saúde" e "Ambiente e Sociedade". Como especialista em história e política ambiental, proferiu cursos, palestras e participou de trabalhos de campo em mais de 35 países. Publicou vários trabalhos dentro e fora do Brasil, dentre os quais o livro Um Sopro de Destruição: Pensamento Político e Crítica Ambiental no Brasil Escravista - 1786/1888 (Rio de Janeiro, 2002).

Sobre a palestra:
Conferencista: José Augusto Pádua
Título da conferência: "Colonialismo europeu e florestas tropicais: o Brasil no contexto global"
Data: 16 de dezembro
Local: auditório da Escola Nacional de Botânica Tropical ( 70 lugares )
Horário: 10h
Inscrições: aldaheizer@jbrj.gov.br

 

 

 

 

 

volta à primeira página