Rio como cenário em “A estranha passageira”, no Cineclube do Jardim
9/5/2011

CartazNo segundo filme do Ciclo Melodrama, com exibição nesta terça, 10/5, a cidade serve de paisagem para história de amor entre os personagens de Bette Davis e Paul Henreid.

Bette Davis interpreta Charlotte Vale, uma mulher tímida, devido à criação repressiva que sua mãe lhe impõe. Com a ajuda de um psiquiatra, Charlotte inicia uma terapia, que a melhora física e emocionalmente. Durante o processo, decide viajar para o Rio de Janeiro, onde acaba se apaixonando pelo galanteador Jerry Durrance, com quem mantém uma relação cheia de encontros e desencontros. A temporada no Rio amadurece Charlotte, que resolve não mais aceitar as imposições da mãe.

A produção de 1942 tem 117 minutos e direção de Irving Rapper. Classificação indicativa: 12 anos. Exibição na terça-feira 10/5, às 19h, na sala multimídia do Centro de Visitantes, com legendas em português. Entrada pela Rua Jardim Botânico, 1008. Grátis.

 

 

 

 

 

volta à primeira página