Projeto Jovens Ilustradores faz oficinas no Jardim Botânico
9/9/2009

fotoA ilustração botânica é usada nessa iniciativa da Vale para despertar aptidões artísticas e disseminar conhecimentos e conceitos de educação ambiental entre alunos do ensino fundamental.

Um dos salões do segundo andar do Museu do Meio Ambiente, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, está funcionando como uma sala de aula de aula diferente entre os dias 9 e 11 de setembro. Trinta alunos de escolas municipais do Rio de Janeiro participam do projeto Jovens Ilustradores, da Vale, em que aprendem técnicas de ilustração botânica. Eles foram recebidos, nesta quarta-feira, às 10h, pelo presidente do Jardim Botânico, Liszt Vieira, pela secretária municipal de Educação, Cláudia Costin, e pelo diretor de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Vale, Luiz Claudio Castro.

No encontro, destacou-se a importância do ensino de ciências com abordagens que estimulem a curiosidade e o interesse de crianças e jovens. As aulas no Museu estão sendo ministradas pelas ilustradoras botânicas Dulce Nascimento, coordenadora do projeto, e Ana Lúcia Iath. Também foram programados para os estudantes um passeio guiado pelo Arboreto – coleção viva do Jardim, com cerca de 3.200 espécies vegetais –, e palestra com o botânico Marcus Nadruz.

O projeto Jovens Ilustradores envolverá, ao todo, mais de 2,5 mil alunos de 17 cidades. No fim, seis estudantes e um professor serão selecionados para ilustrar espécies nativas da Mata Atlântica, e os trabalhos serão usadas em selo dos Correios. O projeto está também vinculado ao prêmio Brasileiro Imortal, onde uma personalidade batizará uma nova espécie descoberta na Reserva Vale, em Linhares, Espírito Santo.

 

 

 

 

 

 

volta à primeira página