Professora de Museologia da UniRio fará palestra sobre a relação entre o museu e a cidade dia 16 no Jardim
10/9/2008

O ciclo de palestras Histórias do Jardim programou para o dia 16 de setembro, terça-feira, às 10h, no Centro de Visitantes, a palestra “O museu e a cidade. Memória, cultura e transformação social”, que terá como palestrante convidada a professora Regina Abreu, da Escola de Museologia da UniRio. A palestra, que é gratuita e tem vagas limitadas, acontecerá no Centro de Visitantes do Jardim Botânico (Rua Jardim Botânico, 1008).

Regina Abreu é antropóloga, professora do Programa de Pós-Graduação em Memória Social e da Escola de Museologia da UniRio, e autora de livros e ensaios sobre museus, entre eles A Fabricação do Imortal. Memória, História e Estratégias de Consagração no Brasil (Ed. Rocco). Atualmente, coordena a pesquisa Memória, Cultura, Transformação Social e Desenvolvimento: Panorama Museal do Estado do Rio de Janeiro, em parceria com o DEMU/IPHAN com apoio da Faperj.

Nesta palestra, Regina tratará da preservação do patrimônio histórico e cultural, que é resultado da preocupação com o investimento em educação, cultura e fortalecimento da auto-estima dos diversos setores da população.

Segundo a professora, ela faz parte de políticas públicas que se voltem para o fortalecimento da cidadania paralelamente aos investimentos econômicos, compreendendo a íntima relação entre esses aspectos. “É fundamental, portanto, que a cidade do Rio de Janeiro que é detentora de um acervo histórico, científico e cultural importantíssimo, uma vez que foi capital federal por longo período, se coloque na vanguarda de um movimento que perceba as potencialidades dos museus para a construção das identidades sociais e fortalecimento dos vínculos positivos dos moradores com a cidade. O Museu do Meio Ambiente, recém-inaugurado, é, portanto, um presente para o futuro da cidade”, afirma Regina Abreu.

 

 

 

 

 

volta à primeira página