Jardim Botânico debaterá questões agrícolas do século XX
13/11/2008

A modernização da agricultura brasileira na primeira metade do século XX e a entomologia (ciência que estuda os insetos) serão os assuntos da próxima palestra do seminário “Histórias no Jardim”, promovido pelo Jardim Botânico do Rio de Janeiro. “Um entomólogo chamado Costa Lima: a construção de um saber e a consolidação de um patrimônio científico” será o tema da apresentação do museólogo Márcio Rangel marcada para o dia 18 de março, às 10h, no Centro de Visitantes do Jardim. Rangel abordará como a relação do cientista com a entomologia agrícola trouxe avanços para o setor naquele período. O combate às pragas nas plantações brasileiras, conseqüência da expansão das lavouras do país, e a criação de instituições federais voltadas para a agricultura contaram com a participação de Costa Lima . Ele também foi responsável pela organização de uma coleção de insetos de importância agrícola, considerada patrimônio científico, e a publicação do tratado “Insetos do Brasil”.

Márcio Rangel é doutor pela Fiocruz e museólogo do Depto de Museus do IPHAN / MINC. A palestra do dia 18/03 será aberta pelo diretor Guido Gelli e contará com a mediação da Dra. Maria Lúcia França Teixeira, ambos do JBRJ.

O ciclo de palestras “Histórias no Jardim” começou no ano passado e faz parte das comemorações do bicentenário do Jardim Botânico. Serão apresentadas mensalmente outras dez palestras, durante o ano de 2008. As inscrições para a palestra terminam no dia 17 e podem ser feitas pelo telefone: 3874 1808.

 

 

 

 

 

volta à primeira página