Cineclube do Jardim homenageia William Wyler
16/01/2012

William WylerO Cineclube começa o ano com uma mostra dedicada a um dos mais importantes cineastas norte-americanos – William Wyler, que completaria 110 anos em 2012.

Diretor, entre outros, de “A princesa e o plebeu”(1953), que lançou Audrey Hepburn ao estrelato, e do superpremiado “Ben-Hur” (1959), Wyler terá oito de seus principais filmes exibidos de 17 de janeiro a 13 de março, sempre às terças-feiras, às 19h, no Centro de Visitantes do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. A curadoria é de Walter Lima Júnior.

A mostra cobre 18 anos da carreira do cineasta – de 1937 a 1955. Incluem-se na programação seus trabalhos com grandes atores e atrizes como Bette Davis, Henry Fonda, Laurence Olivier, Humphrey Bogart, Audrey Hepburn, Kirk Douglas e outros, muitos dos quais ganharam Oscars por suas colaborações com Wyler.

Nascido em 1902 em Mülhausen, Alsácia, então pertencente à Alemanha, Willi (que nos filmes seria creditado como William) Wyler migrou para os Estados Unidos em 1920 para trabalhar nos estúdios da Universal, onde dirigiu uma série de westerns. O reconhecimento como diretor, na forma de uma indicação ao Oscar, veio em 1936, quando passou a trabalhar para o produtor Samuel Goldwyn – uma relação que durou até 1946. Em sua carreira, que se estendeu até o fim da década de 1960, Wyler dirigiu 71 filmes, foi indicado 12 vezes ao Oscar de Melhor Diretor e ganhou três. Também recebeu o prêmio Irving Thalberg Memorial em 1966, um Globo de Ouro e um prêmio do Directors Guild of America.

Mostra William Wyler – Cineclube do Jardim
De 17 de janeiro a 13 de março de 2012, terças-feiras, às 19h.
Centro de Visitantes do Jardim Botânico do Rio de Janeiro – Rua Jardim Botânico, 1008.
Entrada e estacionamento grátis no horário da sessão.
Tel.: (21) 3874-1808

 

 

 

 

 

voltar à primeira página