Jardim Botânico obtém cotação máxima no Guia Verde da Michelin
18/9/2009

Rio de Janeiro é o primeiro destino da América do Sul a ganhar uma edição do guia, uma das mais renomadas publicações do mundo sobre turismo.

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro e outros 19 lugares fluminenses receberam três estrelas – a cotação máxima – do Guia Verde da Michelin. As estrelas são atribuídas por uma equipe de editores da Inglaterra e da França que passam uma temporada em segredo na região que está sendo avaliada. Entre os outros locais com três estrelas no Rio estão, além do Pão de Açúcar e do Corcovado, o Theatro Municipal, o Museu de Arte Moderna e o Parque Nacional da Tijuca.

A publicação apresentada em 15 de setembro em Paris tem 288 páginas e tiragem inicial de 10 mil exemplares em inglês. Está prevista uma edição em francês em 2010. O guia é atualizado de dois em dois anos.

 

 

 

 

 

volta à primeira página