24 milhões de árvores serão plantadas em todo estado do Rio de Janeiro
18/9/2013

Jardim Botânico do Rio de Janeiro antecipa as celebrações do Dia da Árvore e alerta para os riscos de extinção de 10 espécies raras da flora brasileira: Mogno, Cedro, Pau-Brasil, Jacarandá-da-Bahia, Jequitibá, Pau-Rosa, Araucária, Castanheira, Ucuuba e Sumaúma.

Na sexta-feira, dia 20/9, das 10h às 11h, o Secretário de Ambiente Carlos Minc atualiza o contador de árvores da Mata Atlântica instalado no Jardim Botânico do Rio de Janeiro e anuncia o plantio de 24 milhões de mudas no Estado. O ato acontece em cerimônia com a presidente da instituição Samyra Crespo, João Batista, da Secretaria Estadual de Ambiente, e com a presença de representantes de vários segmentos da sociedade. Cerca de 40 lideranças de iniciativas públicas e privadas dereflorestamento no estado do Rio de Janeiro assistem a cerimônia, que acontece em frente ao contador de árvores, próximo à bilheteria principal.

O compromisso está alinhado à meta olímpica de plantar 24 milhões de mudas para compensar as emissões de gases de efeito estufa durante os jogos de 2016. Cerca de 5,2 milhões de mudas já foram plantadas. O contador de árvores é uma plataforma digital que oferece dados detalhados sobre as ações previstas, como quem realizou determinado plantio, onde foi realizado e qual espécie botânica utilizada. No JBRJ, uma escultura viva exibe os dados do plantio em um relógio digital, funcionando como um instrumento de mobilização da sociedade.






Destaques da programação

Trilha das Árvores Nobres
Em um passeio educativo pelo arboreto, junto aos guias do Jardim Botânico, os participantes observam 27 espécies, das florestas atlântica e amazônica, aprendendo curiosidades sobre a seringueira, mogno, pau-brasil, sumaúma, entre outras.

Grupo sai do Centro de Visitantes nos dias 20 e 21/9, às 14h e 15h30



Exibição de A Árvore da Música seguida de debate
O premiado documentário A Árvore da Música, de Otávio Juliano, abre a discussão sobre a preservação ambiental através da estreita relação entre a natureza e a música. Após a sessão, pesquisadores do JBRJ debatem o filme, discorrendo sobre o histórico de desgastes ambientais no Brasil e estratégias de conservação.

A exibição e o debate acontecem no dia 20/9, às 14h30, no Museu do Meio Ambiente.


Debate ao ar livre

Em um encontro ao ar livre no Espaço de Clarice Lispector, pesquisadores conversam sobre aspectos relacionados ao tema árvores e ensinam aos visitantes os cuidados necessários para garantir a saúde das plantas.

Conversa acontece no Espaço de Clarice Lispector, no dia 20/9, às 16h.




No Dia da Árvore, visitantes poderão plantar mudas

No sábado, 21/9, os visitantes que comprarem seus ingressos das 8h às9h30 na bilheteria do Jardim recebem senhas para participardo sorteio, queacontece durante umpasseio pelo arboreto junto à Equipe do Núcleo Educativo do Museu do Meio Ambiente. Os ganhadores terão a oportunidade de deixar sua marca em uma das mais amadas instituições históricas do país e recebem um certificado de plantadores, ficando nos registros do Jardim. Um segundo sorteio elege 30 participantes para receberem mudas de espécies nativas.

Os visitantes devem se reunir às 9h30 no ponto de encontro, localizado no Recanto das Mangueiras.

Mais informações sobre a programação: 3874-1808.

 

 

 

 

 

 

 

voltar à primeira página