Minc divulga no Solar da Imperatriz lista oficial com 472 espécies da flora brasileira ameaçadas de extinção
19/9/2008

Da esquerda para direita: diretor de pesquisas científicas do JBRJ, Fábio Scarano, representante da Sociedade Botânica do Brasil, Paulo Günter Windish, ministro Carlos Minc, presidente do JBRJ, Liszt Vieira, secretária de Biodiversidade e Florestas do MMA, Maria Cecília Wey de Brito, diretor de Conservação da Biodiversidade do MMA, Bráulio DiasNesta sexta-feira, dia 19/09, o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, esteve no Solar da Imperatriz, para anunciar a nova Lista Oficial das Espécies da Flora Brasileira Ameaçadas de Extinção elaborada pela Fundação Biodiversitas sob encomenda do Ministério do Meio Ambiente. A nova listagem relaciona 472 espécies, quatro vezes mais do que a lista anterior, publicada em 1992. Os biomas com maior número de espécies ameaçadas são a Mata Atlântica (276), o Cerrado (131) e a Caatinga (46). A Amazônia aparece com 24 espécies, o Pampa com 17 e o Pantanal com duas. Nenhuma espécie da lista anterior foi excluída.

A instrução normativa atualizando a lista foi assinada pelo ministro Carlos Minc em solenidade no Solar da Imperatriz, do Instituto Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ), com a presença do presidente do JBRJ, Liszt Vieira; da secretária de Biodiversidade e Florestas do MMA, Maria Cecília Wey de Brito; da Sociedade Botânica do Brasil, Paulo Günter Windish; do diretor de pesquisas científicas do JBRJ, Fábio Scarano, e do diretor de Conservação da Biodiversidade do MMA, Bráulio Dias, entre outros representantes da academia e da sociedade civil.

Confira aqui a Lista completa.

 

 

 

 

 

 

 

volta à primeira página