Abertura da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Jardim Botânico
20/10/2010

O evento no JBRJ teve início nesta quarta-feira, 20/10, oferecendo mais de 30 atividades científicas para visitantes de todas as idades.

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro foi escolhido para ser um dos polos da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em 2010. De 20 a 24 de outubro, a partir das 9h, os visitantes terão à disposição dezenas de atividades em torno do tema Ciência Sustentável. As atividades estão distribuídas por diversos espaços entre a portaria da rua Jardim Botânico, 1008 e o Centro de Visitantes.

Cientistas, educadores e especialistas de diversas áreas que atuam no Jardim se mobilizaram para oferecer, durante o evento, uma ampla gama de oficinas, palestras, vídeos e exposição que visam aproximar o público e a pesquisa biológica e ambiental. Além do próprio Jardim Botânico, marcarão presença com seus projetos a Fiocruz, Mostra Ver Ciência, Ciência Hoje, Escola Parque, Cedae, UFRJ, UERJ, UFF, Inea, Instituto Vital Brasil, Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia, Serviço Geológico do Estado e O Inventor.

Será uma oportunidade especial para conversar com pesquisadores e outros profissionais das instituições, e saber mais sobre assuntos como biodiversidade, desenvolvimento de plantas, fungos, tipos de madeira, plantas medicinais, educação ambiental, jardinagem e condicionamento do solo, só para citar alguns.

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia é uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia. No Jardim Botânico do Rio de Janeiro, a organização é feita pela equipe do Museu do Meio Ambiente.

Veja a Programação Completa: no site ou em pdf

Variedade do evento impressiona representante do Ministério da Ciência e Tecnologia

Na abertura da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Jardim Botânico, o coordenador do RESE/MCT, Arthur Pereira Nunes, e a assessora da Secretaria de Ciência e Tecnologia do município do Rio de Janeiro, Maria Helena Cautiero Horta Jardim, visitaram os estandes e ouviram com interesse as explicações de pesquisadores e estudantes. Eles foram acompanhados pelo chefe de gabinete do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Rodrigo Guardatti e diretores Guido Gelli, Renato Cader e Rogério Gribel. Estiveram também presentes o coordenador da SNCT no Rio de Janeiro, José Ribamar, e a equipe do Museu do meio Ambiente do JBRJ, responsável pelo evento no Jardim.

Pereira Nunes se disse impressionado com a riqueza e a variedade de atividades e informações sobre a preservação ambiental, reciclagem e de experimentos científicos apresentados ao público.

Fotos

 

 

 

 

 

volta à primeira página