Inaugurações e lançamento de obras do Museu do Meio Ambiente marcam o fim de ano no Jardim Botânico
20/12/2006

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro inaugura no dia 27 de dezembro novos espaços e lança oficialmente o início das obras de restauração do Museu do Meio Ambiente. A cerimônia contará com as presenças da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, representantes da Petrobras e do BNDES, patrocinadores das obras, e demais convidados. O público poderá visitar o Caminho da Mata Atlântica e os novos Bromeliário, Centro de Visitantes e Centro de Produtos Sustentáveis.

As obras fazem parte do fortalecimento das políticas ambiental e de expansão do arboreto e recuperação dos espaços construídos. O novo Museu do Meio Ambiente estabelecerá uma forte relação entre o homem e a natureza e terá um papel estratégico para a política de conservação da biodiversidade, focalizando temas como mudanças climáticas e efeito estufa, entre outros. A inauguração do museu está prevista nas comemorações dos 200 anos do Jardim Botânico, em 2008.

A programação terá início com uma visita ao Caminho da Mata Atlântica. O visitante poderá percorrer 600 metros em meio a vegetação remanescente da Mata Atlântica em plena área urbana. O percurso começa na Cascata Nova e termina no Aqueduto da Levada. Em seguida, será inaugurado o novo Bromeliário com área ampliada para o plantio de novas espécies e condições climáticas ideais para a conservação das bromélias, áreas de exposição e informações.

O Centro de Visitantes, uma construção do século XVI, ganhou novas salas de vídeo, de convenções e exposições permanentes. Instalado na antiga Marcenaria, o Centro de Produtos Sustentáveis será um espaço permanente de pesquisa e exposição de produtos sustentáveis. O encerramento da programação acontecerá no Espaço Cultural Tom Jobim, com a assinatura do convênio para a largada das obras de restauração do novo Museu do Meio Ambiente.

 

 

 

 

 

volta à primeira página