Jardim Botânico ganha novo bromeliário
23/01/2007

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro inaugura no dia 25 de janeiro (quinta-feira), às 10h, o novo Bromeliário com área ampliada para o plantio de novas espécies, novos canteiros e condições climáticas ideais para a conservação das bromélias. Com aproximadamente 600 metros quadrados, o espaço é agora a maior estufa no interior do parque destinada a uma coleção botânica, representadas também no Orquidário, Cactário e Insetívoras. A obra, uma parceria com a empresa Amil no valor de cerca de R$ 320 mil, trará de volta ao público uma rica e rara coleção de bromélias. A solenidade terá a presença da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva.

O Bromeliário reúne mais de 20 gêneros de bromélias do Brasil e do exterior de grande importância para as pesquisas científicas desenvolvidas pelo Jardim Botânico. Nas estufas, podem ser encontradas espécies da Amazônia, Floresta Atlântica, restingas, caatingas, além de exemplares da América do Sul e Central. Nele haverá também uma área de exposições e de informações na entrada do edifício, na qual os visitantes terão acesso a painéis informativos antes do passeio pelos canteiros de bromélias.

Um dos espaços mais visitados do Jardim Botânico, o Bromeliário passou por uma transformação geral. O projeto arquitetônico priorizou a ventilação e a iluminação no interior do prédio. A cobertura ganhou novas telhas de policarbonato brancas translúcidas, de forma a se obter uma iluminação difusa, com tratamento que refletirá o excesso de calor para o abrigo das plantas e conforto térmico para o usuário. No meio do Bromeliário, foi introduzido um chafariz decorativo. Ao redor, grades desenhadas especialmente para o prédio em formato de folhas de bromélias.

O interior do Bromeliário ganhou ainda um escritório, onde estão previstos cursos para bromeliófilos, além de área para plantios. Degraus originais de acesso ao Pavilhão Espírito Santense, uma edificação de 1936 que deu origem ao antigo bromeliário, foram encontradas durante as obras e mantidos ao lado de uma rampa adicional para o acesso de portadores de necessidades especiais.

 

 

 

 

 

 

volta à primeira página