Obras inéditas de Burle Marx serão expostas no Jardim Botânico

Cinco acrílicos sobre tela e nove serigrafias do arquiteto, artista plástico, pintor, designer e paisagista Roberto Burle Marx serão expostas no período de 28 de outubro a 30 de novembro, das 9h às 17h, no Centro de Visitantes do Jardim Botânico, a maioria ainda desconhecida do público. As obras fazem parte do acervo da Sociedade de Botânica do Brasil, um dos sete herdeiros do espólio do artista. A mostra, organizada pela Associação de Amigos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, em parceria com a Sociedade Botânica do Brasil, tem como referência a natureza. A inauguração será no dia 28 de outubro, às 17h.

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro é o fiel depositário das obras produzidas no período de 1987 a 1993 desde a partilha do espólio de Burle Marx. Destinadas à Sociedade Botânica do Brasil, o artista tinha a intenção de premiar cientistas de destaque, o que não impediu a organização da exposição, que além de mostrar a produção artística desse notável paisagista, mostra também sua relação com a Botânica e com vários botânicos que foram seus amigos muito queridos.

 Burler Marx nasceu em São Paulo em 4 de agosto de 1909, passando a residir no Rio de Janeiro a partir de 1913. Estudou pintura na Alemanha em 1928 a 1929, quando tornou-se freqüentador assíduo do Jardim Botânico de Berlin-Dahlem, onde encontrou várias espécies da flora brasileira. De volta ao Brasil, em 1930, ingressou no curso de Belas Artes e da hoje Universidade Federal do Rio de Janeiro. Paralelamente à pintura e ao desenho, dedicou-se intensamente ao paisagismo.

 Em 1949, a compra de um sítio de 365.000 m² em Barra de Guaratiba, Rio de Janeiro, abriu a possibilidade de organizar uma grande coleção de plantas. Ao longo da vida, realizou muitas viagens a diversas regiões fitogeográficas do país para a coleta de plantas, sempre acompanhado por paisagistas e botânicos. O sítio hoje pertence ao IPHAN (MINC). Burle Marx morreu no Rio de Janeiro, em 4 de junho de 1994.

 

 


 EXPOSIÇÃO DE ARRANJOS FLORAIS

 Simultaneamente à mostra de Burle Marx, será realizada também no mesmo período, no Centro de Visitantes do Jardim Botânico, a Quarta Exposição de Arranjos Florais da qual participam 14 expositores, entre eles, o arquiteto Haruyoshi Ono, da Burle Marx & Cia Ltda. A mostra termina no dia 30 de outubro.

 A mostra exposição organizada pela Associação de Amigos do Jardim Botânico já faz parte de seu calendário de eventos desde 2002.
Entre os expositores selecionados estão artistas, decoradores, flowers designers e floricultores. Os arranjos utilizam desde flores do campo até plantas mais sofisticadas.

SERVIÇO:

Inauguração: 28 de outubro, às 17h
Horário: das 9h às 17h
Local: Centro de Visitantes do Jardim Botânico
Endereço: Rua Jardim Botânico, 1008


 

 

 

 

 

volta à primeira página