Jardim Botânico do Rio de Janeiro é premiado no 16º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal
25/11/2011

Foram definidas, em 22 de novembro, as 10 iniciativas premiadas no Concurso, realizado pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap)/Ministério do Planejamento, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores.

Uma das 10 iniciativas premiadas é o projeto "Compra Compartilhada Sustentável", idealizado e coordenado pelo diretor de Gestão do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Renato Cader, e efetivado pela equipe da Diretoria de Gestão.

O projeto do JBRJ contou com a participação de órgãos de peso e capilaridade na administração pública, tais como Fiocruz, INPI, Receita Federal, UFPE, Ministério da Agricultura, entre outros. Segundo o diretor Renato Cader, o grande diferencial de inovação do projeto reside no fato de a compra ter sido compartilhada e sustentável. Já houve compras sustentáveis no âmbito da gestão pública, mas nunca se tinha feito uma compra compartilhada sustentável, o que gerou um ganho de escala que resultou numa economia de R$ 723.263,78, correspondente a 49,89% do valor estimado. Isso não seria possível se a compra fosse feita isoladamente pelo JBRJ.

"Não foi fácil convencer outros órgãos a comprarem em conjunto com o Jardim Botânico, mas valeu o esforço. Os gestores públicos têm que dar o exemplo e contribuir para uma mudança de paradigma no padrão de produção e consumo do país", diz Cader. De acordo com o IPEA, aproximadamente 17,5% do PIB é oriundo de compras públicas. É papel do Estado estar a frente e fomentar esse novo paradigma.

Ao todo, o 16º Inovação obteve 111 inscrições válidas e o projeto do JBRJ é o único de caráter ambiental da lista de premiados. O prêmio tem como objetivo estimular a implementação de iniciativas inovadoras de gestão em organizações do governo federal, disseminá-las e valorizar servidores públicos que atuem de forma criativa em suas atividades. A cerimônia de premiação ocorrerá em março de 2012.

Confira abaixo a lista dos premiados:

Tabela

 

 

 

 

 

 

voltar à primeira página