Marina Silva inaugura novo bromeliário
29/1/2007

Bromeliário O novo Bromeliário do Jardim Botânico do Rio de Janeiro foi aberto oficialmente ao público no último dia 25, durante uma solenidade que contou a presença da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva. Segundo o presidente da instituição, Liszt Vieira, a nova estufa especialmente reformada para ampliar e conservar a coleção de bromélias, “é uma conquista para a pesquisa e visitação do Jardim Botânico por reunir mais de 20 gêneros da espécie do Brasil e do exterior”. Juntamente com o Orquidário e Cactário, o Bromeliário é um dos locais mais visitados do parque.

Na ocasião, a ministra Marina Silva destacou a importância da missão do Jardim Botânico. “A pesquisa sustenta o trabalho e garante o sucesso desse novo Bromeliário”, disse. Ela alertou sobre as mudanças climáticas globais ao afirmar que “ a natureza também está nos transformando e deve ser fruto de mediação”. Já o diretor técnico da Amil, Antonio Jorge, empresa patrocinadora das obras no valor de R$ 320 mil, afirmou que “as pessoas, uma causa e uma missão nos entusiasma a defender o Meio Ambiente”.

Bromeliário Segundo o botânico Claudio Nicoletti, além dos R$ 320 mil financiados pela Amil, as obras receberam também verbas de emendas parlamentares, totalizando um gasto de R$ 480 mil. Nas estufas do Bromeliário podem ser encontradas espécies da Amazônia, Floresta Atlântica, restingas, caatingas, além de exemplares das Américas do Sul e Central. O projeto arquitetônico priorizou a ventilação e a iluminação no interior do prédio, de forma a permitir condições climáticas ideais para a conservação das bromélias. À cerimônia compareceram ainda os secretários do Ministério do Meio Ambiente do Desenvolvimento Sustentável, Gilney Viana, da Amazônia, Muriel Saragoussi, funcionários, demais autoridades e convidados. Bromeliário

 

 

 

 

 

volta à primeira página